segunda-feira, 7 de outubro de 2019

Mosquitinho - Gipsofila - Gypsophila sp


A Gipsopfila  é realmente uma planta bastante forte. qualquer tipo de solo comum servirá para seu cultivo. Certifique-se de que o solo não seja demasiado rico em matéria orgânica e evite de adubar demasiado as plantas. Se recomendam solos com uma boa capacidade de drenagem. Os solos devem ser porosos e leves, e com boa profundidade.

Corte após a floração para incentivar uma segunda floração.  
 
Dificuldade: Fácil, anual

Exposição: Sol pleno a sombra parcial A germinação leva de 10 a 20 dias. Semear a cada 3-4 semanas até julho para flores contínuas.
 
Iniciando Apenas cubra as sementes pequenas e plante no vaso o lugar definitivo com um espaçamento de 15-20 cm. Plantas lotadas florescem melhor!!

A semente do Mosquitinho deve ser plantada na primavera e no verão, e ela normalmente germina em um período de 07 (sete) a 21 (vinte e um) dias.


Observe que a Gipsofila que se associa a buquês de noiva é cultivada em ambientes muito controlados e colhida com precisão, assim que os botões de flores começam a se abrir. Esta é a mesma planta, mas é difícil prever exatamente quando as plantas estarão prontas para o buquê. 





quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Dente de Leão - Taraxacum officinale




Como plantar dente-de-leão

Prepare um vaso ou canteiro com terra leve, com boa drenagem e semeie o dente-de-leão à superfície. Cubra as sementes levemente, com terra e regue-as até a terra ficar úmida.
Até que as sementes brotem e o broto surja apontando sua roseta de folhas verdes, regue levemente todos os dias, ao cair da noite. Se a sua região tiver vento seco, use uma cobertura plástica sobre o vaso de brotamento, para que a umidade não evapore tão rapidamente.
O local de plantio do dente-de-leão não pode acumular água à superfície, ficar empapado ou, no caso de ser um vaso, não deixe acumular água no prato de contenção.
O dente-de leão, depois de brotado, é uma planta resistente, forte, mas que não aceita o sol direto no meio do dia enquanto está em crescimento. Uma boa alternativa é você plantar as suas sementes à meia sombra, num canto de muro ou debaixo de uma árvore que filtre os raios diretos do sol e amenize o calor. Esta é uma planta que gosta de temperaturas constantes, acima dos 25ºC.

Colheita de folhas e flores do dente-de-leão

Você deverá semear o dente-de-leão no começo da primavera para ter folhas boas para a salada e sopas no final do verão até o meio do outono.

domingo, 18 de agosto de 2019

Ruibarbo

O ruibarbo é uma planta de clima frio. Em áreas com verões muito quentes, onde os invernos são suaves  o ruibarbo pode ser cultivado a partir de sementes como uma planta anual.

Coloque as sementes na geladeira por 2 meses antes de semear, calculando que o melhores mêses para semear em climas quentes é MAIO, JUNHO E JULHO.

Plante as sementes em um local fresco (um local interno iluminado ou um local com sombra ao ar livre)  Transplante para o jardim quando as mudas atingem cerca de 4 centímetros de altura. As plantas estarão prontas para colheita em uns três ou 4 meses. O intenso calor do verão matará as plantas, então colha todas as folhas no final da primavera. Esta técnica só funciona onde os invernos são muito suaves, ou se você pode proteger as plantas de geada prejudicial com uma armação fria ou cobertura de fileira.

Colheita de Ruibarbo

Se você está cultivando o ruibarbo como uma planta anual, colha toda a planta quando fizer a colheita. 
 
Colheita de caules apenas! NÃO coma as folhas de ruibarbo, pois elas contêm altos níveis de ácido oxálico tóxico.

Se sua área tem geadas, vc pode cultivar o ruibarbo como planta perenem no caso colha somente de a 3-4 hastes por vez. Para plantações perenes, deixe algumas folhas permanecerem nas plantas durante o verão para gerar energia e reservas para o ano seguinte. Recomendamos colher algumas hastes de cada vez, apenas na primavera e no outono.  A geada matará todas as folhas, então colha todas as folhas quando a geada estiver ameaçada no outono.
Quebre e descarte os talos de floração no nível do solo. (Os talos de flores não são bons para comer, e quebrá-los impede a planta de colocar energia nas flores e sementes.)
É melhor não colher durante o primeiro ano, se você está estabelecendo uma cultura perene. Para cultivos anuais, colher todos os talos restantes quando o tempo começa a ficar muito quente no verão.


segunda-feira, 29 de julho de 2019

Calêndula





  • Se sua região tem geadas comece as sementes de seis a oito semanas antes da última data de geada.
  • Use um substrato especial para sementes, não terra. O substrato para sementes tem o equilíbrio correto de material e nutrientes em crescimento.
  • Pressione as sementes no topo do solo e espalhe uma camada de 1/2 cm de solo sobre as sementes. Firme suavemente com os dedos.
  • Pulverize até sentir o substrato bastante úmido. Enquanto as sementes estiverem germinando, mantenha essa umidade.
  • Cubra a jardineira com uma camada de filme plástico e faça furos suficientes no envoltório para circulação de ar e evaporação.
  • Coloque o recipiente num lugar que receba pelo menos seis horas de sol por dia. A germinação ocorrerá em 7 a 21 dias. Descarte o envoltório de plástico. Remova as mudas mais fracas. Gire as mudas, se necessário, para que não fiquem nervosas tentando alcançar a luz.
  • Depois que as mudas desenvolvem seu segundo / verdadeiro conjunto de folhas, elas podem ser plantadas ao ar livre se não tiver geadas em sua área.

calêndula em crescimento a partir de sementes
Mudas de calêndula com o primeiro conjunto de folhas
Importante
  •   A Calêndula não germinará bem em climas extremamente quentes. Nessas regiões plante no outono e inverno.
  • Plantar em solo bem drenado a pleno sol, ou sombra parcial se o clima é muito quente. Alguns descrevem o calêndula como uma estação anual fria. Dizem que nas zonas mais quentes, a calêndula pode parar de florescer.
  • Se usar recipientes, use uma mistura de envasamento de boa qualidade.
  • Sementes e mudas precisam ser mantidas úmidas. A medida que a planta cresce, regue menos, conforme necessário. Eu gosto de adicionar um pouco de composto em torno de plantas estabelecidas.
  • Se cultivadas em vasos, fertilize e molhe um pouco mais.
  • Embora a calêndula seja geralmente uma planta fácil de cultivar, monitore pragas e doenças|

sexta-feira, 26 de julho de 2019

Mutamba - Guazuma ulmifolia

Se recomenda-se uma faixa de 20 a 30 °C como temperaturas propícias para germinação, sendo 25 °C a temperatura ideal.

A germinação pode ser estabelecida por semeadura direta ou plantio de mudas.

Sementes exigem escarificação antes do plantio. Despeje água fervente sobre as sementes, deixá-los de molho por 30 segundos e, em seguida, escorra a água. 

Se recomenda o uso de GA3 (Ácido giberellico)

A germinação ocorre em 7 à 28 dias a uma taxa de 40-80% (pode ser errática). 

As mudas estão prontas para plantio, quando atingem uma altura de 30-40 cm (cerca de 15 semanas). 

sábado, 29 de junho de 2019

Tanaceto - Tanacetum vulgare


Pre- tratamento: Coloque as sementes na geladeira (gaveta de queijos) por 4 semanas.


Plante as sementes diretamente ao ar livre.  Pode ser plantada o ano todo se sua área não tem geadas, se tiver, plantar depois que o perigo da geada tenha passado,

Cobrir levemente as sementes e mantê-las sempre úmidas, sem encharcar.
 
Temperatura: A temperatura ideal de germinação e de 20 graus.
  Tempo Médio de Germinação 21 - 28 dias
  Luz necessária: sim  
Profundidade: Plante na superfície com uma  cobertura fina
  Taxa de semeadura: 5 - 7 sementes por planta

Umidade: Mantenha as sementes úmidas até a germinação
  Espaçamento entre plantas: 40-50 cm

quarta-feira, 26 de junho de 2019

Embauba

Produção de mudas: colocar as sementes para germinação logo após a colheita em canteiros semi-sombreados contendo substrato organo-argiloso. Não cobri-las mas apenas irrigar suavemente o canteiro para enterrar um pouco as minúsculas sementes. A emergência ocorre em 3-5 semanas e a taxa de germinação é média a baixa  e as plantas devem ser repicadas com 12 cm de altura. As mudas atingem 40 cm com 6 meses de viveiro e a planta inicia a frutificação com 1 a 2 anos.

Dicas para cultivo: Árvore de crescimento rápido que resiste a baixas temperaturas de no máximo 0 grau, vegeta bem em qualquer altitude. O solo pode ser profundo, úmido, acido ou neutro, com constituição arenosa ou argilosa (solo vermelho) e até pedregoso. A árvore pode ser usada em reflorestamento como pioneira por ter crescimento rápido, resistir a seca e produzir alimento para os pássaros. Ótima espécie para ser cultivada em brejos ou banhados.

Plantando: Pode ser plantada a pleno sol como em bosques como em reflorestamentos de preservação permanente. Espaçamento 5 x 5 m entre covas que devem ter 50 cm de altura, largura e profundidade. Adicione aos 30 cm iniciais de terra tirado da cova 2 pás de areia, 1 kg de cinzas e 8 pás de matéria orgânica. Irrigar a cada quinze dias nos primeiros 3 meses, depois somente se faltar água na época da florada.

Cultivando: Fazer apenas podas de formação da copa e eliminar os galhos que nascerem na base do tronco e ramos que crescerem para o interior da copa. Adubar com composto orgânico, pode ser 6 litros de matéria orgânica qualquer + 40 gr de N-P-K 10-10-10 dobrando essa quantia a cada ano até o 3ª ano, distribua os nutrientes sempre no mês de outubro.

Usos: Frutifica de novembro a abril. Os frutos finos, alongados e quando estão maduros a polpa fica estufada e macia. Os frutos tem gosto de doce de figo e podem ser consumidos in-natura, mastigando e espremendo na boca, restando apenas um bagacinho fibroso com as sementes que devem ser cuspidas. Atrai grande numero de pássaros e a arvore é ornamental.