quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

PAPIRO - Cyperus papyrus


O Papiro é uma planta tropical que requer alta umidade e calor para germinar. A base do vaso ou bandeja germinadora deve estar sempre dentro de agua, para evitar que a terra seque. Recomendamos esterilizar a terra antes de por as sementes a germinar (5 min no micro ondas a força máxima farão o truque)
Não cubra as sementes, mas oprima suavemente na superfície. Mantenha o composto úmido. Uma tampa clara de vidro ou plástico transparente sobre o pote ou a bandeja é o ideal. Manter uma temperatura de 15-21°C. Mudas aparecem após 21-28 dias. Se a germinação não ocorre dentro desse tempo, coloque os tabuleiros ou vasos em um saco de polietileno e coloque na geladeira por 4 semanas.


Quando as plantinhas sejam grandes o suficiente para lidar com o transplante, poderão ser plantadas no lugar definitivo.  Cultivo a pleno sol ou com um pouco de sombra.

Cultivo em beira de lagos, estanques ou áreas semi alagadas,  Pode ser cultivada em terra não alagada desde que muito irrigada.





sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

CRASPEDIA - BILLY BALLS - Craspedia globosa


Como cultivar Craspedia

A propagação por sementes é considerada rápida e fácil. Semear de preferência na primavera ou no verão. Polvilhe sementes sobre o solo e cobra apenas as sementes. Mantenha úmido sem encharcar. Demora cerca de 1 a 3 semanas para as sementes germinar.

Uma vez que as mudas tenham uns 15 cm, plante escavando buracos da mesma profundidade e duas vezes a largura da raiz e plante as mudas, espaçamento de 30 cm.

Posição

Se recomenda seu cultivo a pleno sol, mas em áreas muito quentes, é melhor sombra parcial, sem sol nas horas mais quentes do dia, mas sempre com um mínimo de 6 horas diárias de sol.

Requisitos de solo

A Craspedia cresce em todos os tipos de solo, excepto ácidos e não há outros requisitos especiais. Os solos tem que ser bem drenados.

Irigação

A Craspedia cresce em solos bastante seco mas frescos, então é melhor molhar apenas quando você encontrar a superfície bem seca,e  usas uma camada de palha ou cascas para manter o solo fresco.
Craspedia

Cuidados

A Craspedia é uma planta de baixa manutenção e não exigem cuidados especiais.

Adubo

Se recomenda o uso de nosso fertilizante orgânico Milagre.

Pragas e doenças

São plantas resistentes às doenças e raramente atacadas por algumas pragas como ácaros, caracóis e lesmas.

COMPRE SEMENTES DE CRASPEDIA  CLICANDO AQUI

quarta-feira, 15 de fevereiro de 2017

COLEUS

Os Cóleus, são cultivados pela sua folhagem ornamentada. As folhas desta planta crescem com cores vivas incluindo branco, amarelo, vermelho, rosa, roxo, castanho, cobre e vários tons de verde. O cóleus dá um charme a mais tanto dentro quanto fora de casa.

IMPORTANTE: Se você não vive em um lugar com clima que não seja tropical você precisará trazer os Coleus pra dentro durante o inverno, o que não é um problema, já que são perfeitos para cultivo em vasos.

GERMINAÇÃO

 As sementes podem ser plantadas o ano todo se sua área não tem geadas, ou 8~10 semanas antes da última geada prevista para sua área. Para resultados mais satisfatórios, plante as sementes em lugar bem iluminado, mas sem luz solar direta.

 Prepare pequenos recipientes com terra enriquecida e solta. mantenha a bandeja de sementes ou pequenos vasos em área fora da luz solar direta e encha-os com substrato para mudas ou terra especial para germinar sementes (bem fina, peneirada).

Se não tem aceso a substrato especial para mudas, coloque a terra peneirada no micro ondas, na potencia máxima, por 5 minutos, para matar pragas e plantas daninhas que possam complicar a germinação das sementes.


 Salpique as sementes sobre o solo. Espalhe as sementes na terra e aperte firmemente, sem enterrar. Não enterre-as, pois elas requerem luz para germinar.

  




Mantenha o solo úmido. Regue as sementes com pouca água, porém com frequência, assim o solo ficará úmido sem ficar encharcado.  USE UM PULVERIZADOR OU BORRIFADOR para molhar, se usa uma mangueira, enterrará as sementes, e não vão nascer.
Se as plantas forem mantidas em um ambiente árido, cubra as bandejas ou vasos com PVC para evitar que ressequem. Retire o PVC assim que as plântulas emergirem do solo.


Mantenha as sementes sob luz do sol indireta e quente. Mantenha as bandejas de sementes constantemente a uma temperatura mínima de 21 °C, em área iluminada com luz do sol indireta.
]
 
 Transplante para um recipiente maior. Retire o PVC, se houver, assim que as plântulas emergirem do solo. Depois que uma plântula tiver desenvolvido seu primeiro cotilédones e dois pares de folhas adultas, esta pode ser seguramente transplantada para seu próprio vaso, ou diretamente no solo. 

CULTIVO:

  Escolha um nível de exposição ao sol. Quanto mais luz solar cóleus receber, mais vivas e vibrantes serão suas cores. Se possível, exponha seu cóleus ao sol durante toda a manhã e deixe-o à sombra durante a tarde. Caso contrário, mantenha seu cóleus parcialmente sombreado.

Se seu cóleus estiver perdendo folhas, provavelmente precisa de mais sol.


Mantenha o solo úmido, mas não encharcado. Plantas de cóleus demandam constante umidade no solo, mas irão apodrecer se deixadas em poças. Em condições de calor extremo ou muito vento, você pode precisar regar diariamente ou ainda duas vezes por dia para manter o solo úmido. Aumente a quantidade de água a ser regada se você notar estruturas murchas, manchas marrons e secas ou desaparecimento da cor.
  • Regue o solo diretamente, pois folhas molhadas são vulneráveis a doenças.



Fertilize (opcional). Se quiser acelerar o crescimento da planta, se recomenda o uso de nosso FERTILIZANTE ORGâNICO MILAGRE.

  

  Pode os cóleus. A remoção de alguns dos ramos da planta é recomendada para evitar que os cóleus concentrem o peso nas partes mais altas e também para moldá-lo de forma atraente. Aqui vão as estratégias básicas de poda comumente usadas:
  • Para estimular o crescimento retilíneo do cóleus, corte os ramos laterais, mas não as folhas crescendo diretamente do caule. Faça isto se quiser uma aparência mais arbórea, ao invés de um largo arbusto.
  • Assim que o cóleus alcançar a altura desejada, corte a muda apical no centro da planta, para estimular o preenchimento e tornar a planta volumosa

 
Remova as flores das plantas assim que surgirem, para que as plantas concentrem energia no desenvolvimento de raízes e folhagem espessa ao invés de criar sementes. Se você gostar das flores, é recomendável que você remova a maioria delas e deixe as que estiverem nos lugares mais visíveis.



Escore a planta, se necessário. Se a planta se tornar muito pesada ou tombar em alguma direção, amarre-a frouxamente a uma estaca de jardim usando barbante ou outro material suave. De preferência, faça-o durante a troca de vasos para minimizar o número de vezes que você manuseia a planta.Você também pode evitar que plantas crescendo em lugares fechados tombem ajustando, regularmente, o lado da planta exposto à luz.


PROTEGENDO OS CÓLEUS DO FRIO E DOENÇAS 

 
Mantenha o cóleus em lugar fechado durante o clima frio. Traga para dentro plantas de cóleus sempre que houver risco de geadas, já que uma simples e leve geada é frequentemente o suficiente para matar a planta. Algumas plantas de cóleus podem sofrer mesmo em temperaturas noturnas se estas forem abaixo de 13 °C. Enquanto as plantas estiverem em lugar fechado, mantenha-as longe de correntes de ar.


Elimine as cochonilhas. A Cochonilha é uma das maiores pragas encontradas em cóleus. Estas aparecem em tufos de penugem branca no caule e nas folhas e podem ser eliminadas com cotonete embebido em álcool.

 Controle infestações de moscas-brancas. Infestações de moscas-brancas aparecem como nuvens de pequenos insetos brancos e/ou muitos ovos brancos na face inferior das folhas. Para plantas crescendo ao ar livre, se for possivel arranje joaninhas para matar as moscas-brancas. Para plantas crescendo em lugar fechado, pendure armadilhas para mosca-branca ou faça uma você mesmo.

 
Lide com outras pragas. A maioria dos insetos, como pulgões, podem ser removidos ao borrifar água ou esfregando-se um pano. Algumas pragas requerem métodos mais especializados de controle:
  • Ácaros vermelhos podem ser eliminados aumentando-se a umidade. Coloque panelas com água no entorno e umedeça levemente a área afetada.
  • Pequenos pontos pretos pairando próximos ao solo são fungus gnats, que podem ser controlados adicionando-se 6 mm de cascalho fino sobre o solo ou reduzindo-se a irrigação e aumentado o fluxo de ar.
  • Livre-se de lesmas usando uma barreira de cerveja ou de cobre ou comprando um produto especializado para controle de lesmas.
Pode ou cuide de folhas doentes. Manchas pretas, felpudas ou aneladas ou outras deformações geralmente são resultado de doenças causadas por fungos. Remova folhas afetadas imediatamente, depois esterilize a tesoura de poda com água fervente ou álcool para evitar que a doença se espalhe para outras plantas. Pulverizadores antifúngicos estão disponíveis em lojas de material de jardinagem caso a doença continue a se espalhar.
 
Fonte Básica: WIKIHOW


terça-feira, 31 de janeiro de 2017

EPILOBIO - PLANTA PROSTATA - Epilobium parviflorum


Não existe muita (ou alguma) informação sobre o cultivo do Epilobium, já que em sua área nativa, é uma planta silvestre, que cresce facilmente, uma "praga" como diríamos no Brasil.

Todas as fontes dizem que é de muito fácil cultivo, se seu clima é bem frio (aguenta até 30 graus embaixo de zero) pelo que para intentar seu cultivo em nosso pais sugerimos:

1) Colocar as sementes na geladeira (coloque metade das sementes no freezer e a outra mirada na parte mais fria da geladeira, fora do freezer) por 60 dias.

2) Calcule que quando termine esse período de 60 dias seja numa época do ano com as temperatiras mais amenas, já que a temperatura ótima de germinação é de 12 graus. FIQUE DE OLHO NAS SEMENTES FORA DO FREEZER, para ver se alguma germina ai!!

3) Recomendamos o uso de GA3 (ACIDO GIBERELLICO) antes de semear (a venda na PLANTAMUNDO)

4) Plante as sementes a 3 mm de profundidade, em um lugar sem sol direto e com solo bem drenado, e mantenha sempre úmido.

5)  Em sua região nativa as sementes de Epilobium parviflorum germinam normalmente em 2 a 4 semanas.

6) Pode ser cultiva a sol pleno ou sombra parcial, em sua região de origem, aqui no Brasil recomendamos que pegue somente um pouco de sol na manha cedo ou na tarde!

Estaremos fazendo diversos "trials" (testes)  e no caso de ter informação atualizada, postaremos aqui.




COMPRE SEMENTES DE EPILOBIUM CLICANDO AQUI

sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

CEREUS - Todas as espécies


COLOQUE AS SEMENTES EM ÁGUA SEM CLORO POR 24 HORAS. SE TIVER DISPONÍVEL SE RECOMENDA O USO DE ÁCIDO GIBERELICO (A VENDA AQUI)

DEPOIS SIGA AS INSTRUÇÕES AQUI

Temperatura ideal de germinação 23 a 29 graus durante o dia e 15 a 21 durante a noite.

quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

MIMOSA - Acacia dealbata

GERMINAÇÃO

Como as sementes tem uma casca bem dura se recomenda coloca-lhas em água fervendo por 5 segundos e depois deixar-lhas de molho em água a temperatura ambiente por 24 hs. Se nova que a casca das sementes permanece intacta, sem a semente se inchar (o que mostraria a absorção de umidade), repetir todo o procedimento, ou deixar secar as sementes e lixar-lhas suavemente antes de deixar em molho.

PLANTIO

Plantar em sementeiras, bandejas ou copinhos, apenas cobrindo as sementes com terra ou substrato para mudas. A temperatura ideal de germinação de 20º C, temperaturas muito maiores ou menores podem dificultar ou impedir a germinação. Colocar a sementeira em um lugar umido com muita luz mas sem sol direto. Pouco a pouco as sementes brotarão e poderão se colocadas em um lugar com algumas horas de sol direto. Em 1 ano teremos uma mimosa de uns 15- 20 cm, momento perfeito para trasplantar a vasos.



CULTIVO

- Se recomenda o cultivo a pleno sol.

- Não suporta ventos fortes ou contínuos.

- As temperaturas no inverno não devem ser inferiores a -6ºC.

- O terreno deve ser solto, neutro ou ligeiramente ácido.

- Cresce em solos ligeiramente arenosos mas não suporta solos calcários.

- Aguenta bem a seca prolongada da zona mediterrânea.

- Se recomenda a poda para evitar o crescimento desordenado.

- O maior problema no cultivo da mimosa é o excesso de água, já que as raízes apodrecem facilmente. Não suporta alagamentos


terça-feira, 3 de janeiro de 2017

FIGO DA INDIA - Opuntia ficus-indica

TENHA PACIÊNCIA E NÃO JOGUE FORA A TERRA COM AS SEMENTES PLANTADAS
A germinação da Opuntia ficus-indica pode demorar de 1 semana  6 meses, e mesmo em condições ideias a germinação pode ser demorada e errética.

Como a casca das sementes é muito dura e impede o ingresso de umidade, se recomenda lixar um pouco as sementes (com cuidado!)

As sementes precisam de luz para germinar, NÃO AS ENTERRE. Coloque na superficie da terra ou substrato e aperte para que fiquem no lugar.

Também precisam de calor, 25 a 30 graus idealmente!

Se recomenda o uso de substrato para mudas, numa bandeja ou vaso muito bem drenado. Manter úmido sem alagar.

Inicialmente colocar  um lugar sem sol direto, e somente apos a germinação ir acostumando as pequenas plantinhas ao sol e diminuindo a irrigação.

Cultivo a sol pleno, com água moderada e solos que não precisam ser ricos em matéria orgânica.