quarta-feira, 24 de abril de 2019

FUNCHO - Todas as variedades - Foeniculum vulgare

Resultado de imagem para funcho


O funcho, também conhecido como erva-doce, é uma planta utilizada como erva aromática e como erva medicinal. Também possui um grupo de cultivares (Foeniculum vulgare Grupo Azoricum, sin. Foeniculum vulgare var. azoricum), algumas vezes chamados de funcho-de-florença, funcho-doce-de-florença, funcho-doce ou ainda erva-doce-de-cabeça, mas geralmente denominados apenas como funcho, cujos talos das folhas são utilizados como verdura (são chamados incorretamente de bulbo do funcho, pois são os pecíolos e bainhas das folhas), sendo consumidos crus ou cozidos em saladas e outros pratos. Para distinguir do funcho-de-florença ou da erva-doce-de-cabeça, qualquer outra cultivar de funcho é por vezes denominada funcho medicinal.

Clima

O funcho ou erva-doce pode ser cultivado em diversas regiões climáticas, mas as melhores condições são encontradas em regiões de clima ameno ou moderadamente quente. A planta pode sobreviver a uma geada leve.

Luminosidade

O funcho necessita de alta luminosidade e deve receber luz solar direta ao menos por algumas horas diariamente.  

Solo

O solo deve ser bem drenado, leve, fértil, rico em matéria orgânica. A planta é tolerante quanto ao pH do solo, mas não cresce bem em solos muito ácidos.

Irrigação

Irrigue com a frequência necessária para que o solo seja mantido sempre úmido, sem que permaneça encharcado. A falta de água pode induzir a planta a florescer precocemente.

Plantio

As sementes podem ser semeadas diretamente no local definitivo da horta ou podem ser semeadas em sementeiras e transplantadas quando têm de 10 a 15 cm de altura. Ao escolher o local de plantio, leve em conta que a planta é perene e pode sobreviver por vários anos neste local, podendo atingir até dois metros de altura, dependendo da cultivar.
Por outro lado, é melhor que as sementes do funcho-de-florença ou da erva-doce-de-cabeça (Foeniculum vulgare Grupo Azoricum) sejam semeadas diretamente no local definitivo, pois este grupo de cultivares não suporta bem o transplante. Se semeada em sementeiras, faça o transplante com a planta bem jovem, quando as mudas têm no máximo 4 folhas. O espaçamento recomendado para o funcho-de-florença é de 25 a 30 cm entre as plantas.
O plantio em vasos e jardineiras não é o procedimento mais recomendado, pois o funcho tem um sistema radicular que atinge uma grande profundidade, mas ainda assim é possível cultivá-lo em vasos grandes, com pelo menos 30 cm de profundidade.
Não cultive funcho próximo a aneto ou endro (Anethum graveolens), pois estas espécies intercruzam, e as plantas resultantes deste cruzamento normalmente não são consideradas satisfatórias em termos de produtividade ou de sabor e aroma.

Tratos culturais

Retire plantas invasoras que estejam concorrendo por nutrientes e recursos, especialmente nos primeiros meses de cultivo.
Especificamente para o funcho-de-florença ou a erva-doce-de-cabeça, terra pode ser amontoada junto as plantas duas ou três semanas antes da colheita, mas sem cobrir a gema apical de onde surge as novas folhas, para que a base das folhas fique mais branca e com sabor mais suave.

Colheita

A época da colheita das folhas de funcho ou erva-doce pode começar quando a planta está bem desenvolvida, o que varia com a cultivar plantada e as condições de cultivo. Se o objetivo é colher as sementes, o ideal é que as folhas não sejam retiradas até a colheita das sementes. Assim, se você quer folhas e sementes, o ideal é que sejam cultivadas plantas para colher as folhas e outras plantas para colher as sementes.
Para o funcho-de-florença ou a erva-doce-de-cabeça, a colheita pode ser realizada em 80 a 100 dias após o plantio. A planta deve ser colhida antes que surjam as inflorescências, senão elas podem se tornar amargas. Corte a planta a cerca de 2,5 cm do solo (retire a terra que foi amontoada junto as plantas primeiro). Cortar aproximadamente nesta altura permitirá que a planta rebrote, possibilitando uma nova colheita, desta vez de pequenas folhas. O funcho-de-florença é cultivado como uma planta anual, embora também seja perene.

Fonte: hortas.info

segunda-feira, 22 de abril de 2019

Drosera capensis • Drosera binata • Drosera spatulata


O crescimento das sementes de sementes é um processo lento, mas pode ser muito recompensador. As variedades de Drosera tropical e subtropical podem levar de 1 a 8 semanas para germinar, dependendo da espécie  mas espécies mais difíceis (como Drosera tuberosa), pode levar mais de 3 anos para a semente germinar.  


Dormencia:
Não necessita de um periodo de dormencia.

GERMINAÇÃO:

Se recomenda esterilizar o substrato para evitar o aparecimento de fungus (1 hora no forno normal ou 15 minutos no microondas)
 

Para obter germinação destas sementes basta coloca-las na superficie do solo umido sem as enterrar e esperar alguns dias ou semanas dependendo da espécie. NÃO enterre as sementes, ou nada irá crescer

Considera-se a temperatura ideal para germinação entre 20 C e 25 C , com humidade elevada. Cobrir o vaso ou bandeja de germinação com um plástico transparente para mater a umidade. A rega deve ser feita pelo método do prato com água por baixo da bandeja ou vaso, que deve ser raso. Se molhar "normalmente" a forza da água vai enterrar as sementes e não vão nascer.

Condições de cultivo:


Temperaturas:


Verão : O clima de verão não deve exceder de 40  ° C
Inverno : 5 a 15
° C, não é necessário ter estas temperaturas baixas no inverno pode ser mantida a uma temperatura superior durante o ano inteiro sem qualquer tipo de problema.


Luminosidade:

Media luminosidade a sol directo.


Água:

Utilizar apenas água da chuva , água destilada ou água desmineralizada.
Utilizar o metodo do prato com água por baixo do vaso.


Solo:

Nunca usar fertilizantes.

Mistura de
turfa acida , perlita ,vermiculita proporções em volume 4 : 1 : 1
Mistura de turfa acida , perlita proporções em volume 1 : 1
No possivel não use terra "normal" as sementes são minusculas e não vao germinar!!





quarta-feira, 3 de abril de 2019

YLANG YLANG - Cananga odorata

Sobre o Ylang Ylang

Nativo do sudeste da Ásia, o Ylang-Ylang (Cananga odorata) é uma árvore tropical pertencente à família das Annonaceae (família da fruta de conde e biribá). O nome ylang-ylang significa "flores de flores". Ela produz flores altamente perfumadas de cor verde pálido, que fica amarelo depois. Seu aroma doce pode ser cheirado de longe, mais intenso e forte quando o vento úmido sopra ao redor.
É também chamado de Perfume Tree, pois é amplamente cultivado pela indústria de perfumes.

Plantio

Cultivar o Ylang Ylang da semente é melhor do que propagá-lo do corte. Para isso, mantenha suas sementes em água a temperatura natural por 24 hs antes da semeadura para agilizar o processo, e depois semeie-as em copinhos plasticos de 300ml ou embalagens de mudas a 4 mm de profundidade em substrato para mudas de boa qualidade. Mantenha esse substrato levemente umido até a germinação. Seja paciente, demoran muito tempo para germinar (às vezes até quatro meses).
 
Uma vez que al mundinhas alcanzem 20 cms já podem ser transplantadas ao lugar definitivo ou vasos maiores. CRESCE MUITO RÁPIDO.

Cuidado

É uma árvore da floresta tropical que atinge até a altura de 10-12m. Como é uma árvore alta, a poda regular é necessária para manter sua forma. Se você mora em um lugar ventoso, pode a árvore para manter ela a 4-6 m de altura, porque se dexiar crescer e crescer pode cair em ventos fortes, pois sua madeira é fina e não tão densa.
 
É uma planta resistente a doenças e floresce ao longo do ano, uma vez estabelecida.
s e água para aumentar o nível de umidade.

sexta-feira, 29 de março de 2019

GORSE - TOJO - Ulex europaeus

Pré-tratamento

  O revestimento das sementes é muito duro e precisa ser danificado de alguma forma para permitir a entrada de ar e umidade para chegar ao embrião. Isso é feito simplesmente com água fervendo.
Coloque suas sementes em um recipiente resistente ao calor e despeje três ou quatro vezes seu volume de água fervendo sobre elas. Deixe esfriar em um local seguro por 24 horas. Eles estão agora prontos para semear.

Semeadura

Drene as sementes pré-tratadas e as semeie em bandejas de sementes cheias de composto para sementes. Cubra-as com mais 5mm de compostagem e molhe. Cubra as bandejas de sementes com uma folha de vidro ou um plastico transparente e colocá-los em algum lugar brilhante mas sem luz direta.

Rega

Mantenha as bandejas úmidas em todos os momentos. Você não deve precisar regar muito se tiver a folha de vidro ou o plastico transparente no lugar para evitar a evaporação. Retire a tampa uma vez que as sementes germinaram.

Crescendo

Quando as mudas começam a desenvolver suas folhas verdadeiras, transplante-as em vasos individuais ou em copinhos plásticos. Deixe 10cm entre as plantas. Mantenha-os regados sem exagerar, elas crescerão rapidamente. As plantas devem estar prontas para o plantio após um ano.

Plantio

Prepare bem o local limpando as ervas daninhas ou a grama e faça um buraco grande o suficiente para acomodar a raiz. Plante com cuidado no buraco, com a mesma profundidade que estava, firme o solo e molhe.

 

terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

BERRY DO MAR - SEA BUCKTHORN - Hippophae rhamnoides.

As sementes do Sea Buckthorn têm uma dormência profunda dentro delas, isso requer um grau de paciência a superar mas geralmente é fácil obter altos níveis de germinação se os procedimentos corretos forem seguidos.
Primeiro prepare um substrato de drenagem livre no qual as sementes devem ser misturadas, (areia úmida é perlita dão os melhores resultados para isso). O substrato escolhido precisa ser úmido (mas não molhado), se você pode espremer a água apertando com a mão, ele está muito molhado e suas sementes podem se afogar e morrer.
Misture as sementes no substrato, certificando-se de que há volume suficiente de material para manter as sementes separadas. Coloque a mistura de sementes em um saco de plástico transparente (sacos de freezer, especialmente sacos com fecho ziplock são o melhor para isso - desde que haja uma pequena folga na vedação para troca de ar) Se não for um saco tipo zip-lock, ele precisa ser frouxamente amarrado.
Escreva a data na bolsa para saber quando o pré-tratamento foi iniciado.
As sementes requerem um período frio para quebrar a dormência que é naturalmente encontrada dentro delas, isso é facilmente conseguido colocando o saco preparado de sementes e mistura de composto na geladeira (4 Celsius) por 12 semanas. É bem possível que as sementes germinem no saco a estas temperaturas quando estão prontas para o fazer, se o fizerem, basta retirá-las do saco e plantá-las cuidadosamente.
Finalizado o periodo de pre-tratamento, semear as sementes e esperar que as sementes germinem. As sementes que estão prontas para germinar serão gordas e macias, se não estiverem, o pré-tratamento ainda não está completo ou foi ineficaz devido a temperaturas incorretas ou umidade incorreta do meio de pré-tratamento e o processo de pré-tratamento deve ser iniciado novamente.
Não expor sementes recém-semeadas a altas temperaturas (acima de 25 graus Celsius), caso contrário, uma dormência secundária pode ser induzida e as sementes não germinarão até que tenham sido pré-tratadas novamente. Sementes germinadas podem ser plantadas em vasos profundos ou bandejas de plugue em um composto de boa qualidade. Mantenha as mudas bem regadas e livres de ervas daninhas.
O crescimento no primeiro ano é geralmente entre 20 e 50 cm e geralmente sem problemas. O crescimento acelera rapidamente no segundo ano. Deixe-os crescer por 1 ou 2 anos antes de plantá-los em uma posição permanente.

quinta-feira, 31 de janeiro de 2019

ERVA CIDREIRA DE ARBUSTO - Lippia alba

Não existe informação sobre a germinação desta espécie, mas considerando que é uma plamnta silvestra da familia lamiaceae e as carateristicas das sementes, recomendamos não enterrar as sementes, solocar na superficie da terra, apertar e apenas cobrir as mesmas.

A germinação pode ser errática, tenha paciencia. Também considere que a mesma é naturalmente baixa nesta especie (no mais de 10 a 40%) .

Cultivo a pleno sol, com baixos requerimentos de solo e irrigação.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Pitaya desde Sementes - Fruta de Dragão - Todas as cores




Coloque  sementes em uma toalha de papel úmida e deixe-as durante a noite.

Encha a bandeja de germinação ou pote com um substrato para mudas bem drenado. Você pode fazer ele você mesmo misturando uma parte de turfa e uma parte de perlita. Polvilhe a semente na superfície do solo e cubra-a com uma camada fina do mesmo meio de crescimento que mal cobra as sementes.

Umedeça bem o solo usando um pulverizador e cobrir a bandeja ou pote com filme plástico. Mantenha o solo úmido até que as sementes germinem, o que levará cerca de 15 a 30 dias.

Depois que as sementes germinarem, descubra o plástico e transplante-as para vasos maiores quando necessário.

VEJA NOSSO MANUAL SOBRE CULTIVO DE PITAYA DESDE ESTACAS PARA MAIORES INFORMAÇÕES.