segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Morango – Morango Branco - Pineberry - Morango Sensação - Fragaria sp.






 A GERMINAÇÃO DO MORANGO NÃO É COMPLICADA, MAS QUE SEJA SIMPLES NÃO QUER DIZER QUE SEJÁ FÁCIL. SE RECOMENDA O USO DE ÁCIDO GIBERELLICO (GA3)* PARA GERMINAR ESTAS SEMENTES.

·        *A VENDA COMPRANDO AQUI
·         
     1) Deixe as sementes em molho de GA3 por 48 horas antes de plantar. Se não tiver GA3 deixe as sementes em molho em água mineral.
     

     2) Depois use O MÉTODO DO FILTRO DE CAFÉ CLIQUE AQUI

    Quando as sementes germinem, coloque as mesmas em copinhos com substrato de mudas ou terra leve e uniforme, e apenas cobra com uns 3 mm.  Borrife com água ou melhor com Fertilizante Milagre. Manter o substrato úmido, mas sem exagerar. Deixe em um local com abundante luz indireta para que as mudinhas cresçam.

·        Temperatura ideal de germinação: 20-25ºC .  As sementes não germinarão com temperaturas muito altas ou muito baixas.
·        Dias para brotar: 8-40 dias
·        Melhor temperatura para crescimento: 15-35º
·        Espaçamento: 10-15cm
·        Luz do sol requerida: meia-sombra inicialmente, pleno sol para as plantas maduras
·        Tempo para frutificar: Se recomenda NÃO deixar as plantas frutificar no primeiro ano
·        Longevidade: Não mais de 2 a 4 anos.
·        Pode ser plantada diretamente no solo ou em vasos.
·        Irrigação moderada.

PARA COMPRA DE SEMENTES DE MORANGO BRANCO, CLIQUE AQUI

PARA COMPRA DE SEMENTES DE MORANGOS GIGANTES,

CLIQUE AQUI

terça-feira, 22 de outubro de 2013

Wonderberry – Sunberry – Solanum burbankii

[P8260066%255B5%255D.jpg]

O WONDERBERRY (FRUTA MARAVILHA) ou SUNBERRY (FRUTA DO SOL), o Solanum burbankii, é uma fruta criada por desenvolvimento NATURAL por Luther Burbank, na Califórnia no começo do século 20, e quase olvidada agora…

Seus frutos são deliciosos, pode ser consumidos ao natural, mas são ainda melhores na forma de doces e geleias, consideradas tão bons ou ainda melhores que as blueberries ou mirtilos!

MUITO IMPORTANTE:  COMER OS FRUTOS QUANDO VEM MADUROS, OS FRUTOS VERDES SÃO TOXICOS!

A germinação é fácil, recomendamos o método do filtro de café:

CLIQUE AQUI

CULTIVO:

Seu cultivo é também fácil similar ao do TOMATE.

Planta anual pode ser cultivada e vasos. Para maior produção de frutos use terra orgânica.  Molhe diariamente, sem alagar.

Pleno sol ou sombra parcial.

PRODUZ EM APENAS 2-3 MESES!!

domingo, 13 de outubro de 2013

PATCHOULI – Pogostemon cablin

 

O Patchouli  prospera sob bons cuidados mas desbota rápido se é negligenciado - é preciso regar quase diariamente, não tem nenhuma tolerância as geadas e vai se queimar e morrer se não for protegido pela sombra.

As sementes são pequenas, e precisam de luz para germinar.

Coloque as sementes na superfície do substrato ou terra em seguida, polvilhe as sementes sobre a superfície e bata com firmeza para segurar as sementes no lugar. Em seguida, molhe com um pulverizador ou borrifador, suavemente, de maneira de não enterra as sementes!! Molhar diariamente desta maneira, sem deixar secar nunca.

Manter em um lugar com muita luz mas sem sol direto ate a germinação, que leva entre uma e três semanas.

Transplantar quando  alcancem os seus segundo conjunto de folhas verdadeiras.

O crescimento e vigoroso, e a colheita de folhas pode ser feita uma vez que a planta cobra por completo um vaso de 12 cm de circunferência.

Tomilho – Thymus vulgaris outros

O Tomilho é uma planta e perene cujo nome cientifico é Thymus Vulgaris L. pertence à família das Lamiaceae (a família da hortelã). É uma planta de porte pequeno geralmente não ultrapassando os 40 centímetros de comprimento em sua fase adulta.

Originada no mediterrâneo, tem muitos nomes populares o que reflete a grande importância da planta por seus usos como tempero e planta medicinal:  Arçã, Arçanha, Erva Urso, Poejo, Segurelha, Timo, Tomilho de Inverno, Tomilho de Jardim, Tomilho Ordinário ou Tomilho Vulgar.

GERMINAÇÃO

São necessários 1 a 4 semanas para germinação.  A temperatura ideal é de 21 graus.

Simplesmente coloque as sementes sobre a superfície a semear e cobra com uma 40 dias para colheita.

CULTIVO

Podem ser semeadas em copinhos*ou diretamente no vaso ou lugar definitivo, 3 ou 4 sementes juntas, para depois deixar a plantinha mais forte se germinarem mais de uma.

*transplantar as mudas quando têm 4 pares de folhas definitivas.

O tomilho não é exigente quanto ao terreno e  pode facilmente ser plantado em vasos. este devem ter muita drenagem para não acumular água nem umidade, já que o Tomilho não gosta destas.

O tomilho gosta de sol, deve ser cultivado a sol pleno ou num lugar onde receba pelo menos 5 horas de sol direto por dia.

Não é preciso muita água para o manejo. Inicialmente molhe  diariamente, mas uma vez estabelecida a planta, diminua as regas, ou não molhe se você mora numa área com muitas chuvas.(não há problema se o solo secar por um curto período entre uma rega e outra). O excesso de umidade prejudica o tomilho.

Quanto à terra usada, não é exigente, mas refere solos levemente alcalinos não ácidos! É mais fácil cultivá-lo em solos arenosos ou pedregosos.

O espaçamento entre as plantas pode ser geralmente de 15 cm a 20 cm

CLIMA

Cresce bem se cultivado em uma faixa de temperaturas de 4°C a 28°C, mas pode suportar temperaturas mais baixas ou mais altas. Contudo, pode haver dificuldades para cultivá-lo em climas muito úmidos.

COLHEITA

A colheita das folhas pode começar quando a planta estiver bem desenvolvida, (geralmente de 60 a 90 dias após o plantio), mas é ainda melhor é colher quando a planta está florescendo, pois é quando a concentração dos óleos essenciais é maior e as flores também são utilizadas como condimento.

quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Clitoria sp–Clitoria ternatea–Ervilha Borboleta–Butterfly Pea

 

GERMINAÇÃO

A germinação das clitóris é pobre pela casca dura das sementes.

Se recomenda a escarificação com lixa 120 ou 150 durante 30 segundos,   e depois deixar as sementes em agua ou GA3 x 24 horas.

Temperatura de germinação de 16 ºC a 30 ºC, declinando acima de 30 ºC e para de germinar acima de 35 ºC .

CULTIVO

Uma vez lograda a germinação o cultivo não apresenta dificuldades.

Cresce hasta 2000 m.s.n.m, se adapta praticamente a todos os regímenes de chuva  (de 400 – 2500 mm/ano).  Não tolera temperaturas geadas muito fortes, mas sobrevive eventualmente a temperatura de até –1 °C.

Pode ser cultivada no sol ou na sombra, não tolera inundações nem alagamentos.

Se ajusta a una gama amplia de condiciones de solo desde arenoso a argiloso com pH de 4.5 – 8.7  e tem certa tolerância a salinidade.

Na PLANTAMUNDO temos sementes da Branca e da Azul.

segunda-feira, 30 de setembro de 2013

Cultivo de Rosas

Rose PRISTINE

Conserve as mudas na sombra até a hora do plantio e plante-as o mais rápido possível!

Prepare covas de 30 cm. Use terra vegetal, com húmus de minhoca (de 2 a 5 Kg por m²)

Não utilize no cultivo esterco fresco de qualquer tipo, nem adubos químicos, salitre ou pós calcários, já que podem prejudicar as raízes e a planta toda. Use no lugar nosso Fertilizante Orgânico Milagre.

Distâncias de plantio:

Rosas trepadeiras: 1  a 2 metros
Rosas de arbusto: 1 metro
Rosas cerca-viva: 70 a 100 cm

IMPORTANTE!! Plantando as Rosas

Rosas:
Retire as mudas da embalagem e mergulhe-as em água por 2 a 3 minutos para hidrata-las. Procure o ponto de enxerto (que  fica na junção da raiz com o galho principal), este deve ficar fora da terra 1 a 2 cm. Coloque a muda na cova e encha com terra , tendo cuidado de apertar bem em torno da raiz. Finalizado o plantio, molhe abundantemente.

Após o Plantio:
Nos meses quentes, é muito importante proteger as mudas recém plantadas, pelo menos por 15 ou 20 dias com galhos com muitas folhas, ou sombrite de 80%. Regue-as diariamente, de preferência à tarde, até o início da floração.  Depois da floração diminua a regularidade da irrigação, as roseiras não gostam de excesso de água.

Mantenha a terra do canteiro sempre solta, arejada (não compacta) e livre de plantas daninhas e mato. Se recomenda fazer uma cobertura do solo com casca de pinus ou grama seca.

Assim que as roseiras apresentem brotação nova, se recomenda a aplicação de um fungicida, pois nesse período são muito suscetíveis ao ataque de pragas.

Cultivo
A PODA ANUAL é imprescindível! Se recomenda faze-la nos meses sem “r”, Maio, Junho, Julho ou Agosto. Corte os talos deixando 4 a 5 gemas (pontos de brotação) em cada um. No caso das  trepadeiras devem ser reduzidas no máximo em um 1/3 . Aproveite a poda para conduzir os galhos novos na posição desejada (nas trepadeiras se recomendam os arcos para favorecer brotação e aumentar a floração.

PODA DE LIMPEZA:
Corte todas as flores secas, durante todo ano, cortando junto 3 ou 4 folhas. Esta limpeza garantirá uma maior quantidade de flores.

Adubação:
Se recomendo adubação orgânica após a poda anual (no inverno), em Dezembro e Fevereiro. Molhe diariamente até aparecerem novos brotos. Em todas as adubações renove a cobertura do solo.

Combate as pragas e doenças:
Se recomenda a aplicação PREVENTIVA.  Fungicidas semanalmente, inseticidas, mensalmente. O uso semanal do FERTILIZANTE MILAGRE pode diminuir drasticamente ou eliminar mesmo o uso destes produtos.

quinta-feira, 26 de setembro de 2013

Amora Australiana–Rubus rosifolius

Sua germinação não apresenta dificuldades, mas pode ser errática e demorar até 12 semanas.

Semear em substrato ou terra vegetal, cobrir apenas as sementes e molhar diariamente se deixar secar ou alagar.

Cultivo no sol ou meia sombra.

Maple–Acer sp–Trident Maple–Acer beurgerianum e outros

 

Arvore decídua de clima temperado, taxa de crescimento lento a moderado.

Requisitos do Site: sol, solos bem drenados; tolera secas e zonas áridas,  vento, sal,  poluição do ar, e a compactação do solo.

GERMINAÇÃO

1 .-  Coloque as sementes em um banho de água quente da torneira por 24 horas, não mais.
2.  Coloque as sementes na geladeira por 3 meses antes de plantar.

3. Uma vez semeadas molhe diariamente.  Certifique-se de que o solo não secar ou ficar muito molhado. As sementes devem germinar em cerca de dois a três meses.

Dicas e Avisos
• Os Trident maples gostam de solos ácidos e húmidos mas bem-drenados.

Uma vez estabelecidos suportam o calor, e as baixas temperatura, mas geadas intensas podem produzir danos ao sistema radicular, matando a árvore.

Chinese Balsam Pear–Momordica charantia–Japanese Bitter Gourd–Melão de São Caetano

 

Todas as plantas do titulo são a mesma espécie, somente diferentes variedades.

Germinação.

Se recomenda colocar as sementes por  24 horas envoltas em toalha de papel úmido, (de preferencia com GA3, Acido Giberélico) e depois  devem ser mantida em um saco plástico a 26-29°C para a germinação de um a dois.  (se não tem essas temperatura em sua área coloque a sacola com as sementes acima de geladeira!)

As plântulas emergem 5-7 dias após a semeadura. Requerem inicialmente a proteção do sol
do vento, e do frio excessivo

Cultivo
Esta planta se desenvolve melhor com  uma temperatura mínima de 18° C , e ainda melhor entre 24-27° C. Requer mais calor do que as outras espécies de cucurbitáceas para atingir o máximo rendimento mas é também mais resistente às temperaturas baixas.

SOLO: O pH ótimo é entre 6,0-6,7 .  Cresce melhor em um solo arenoso drenado, rico em
matéria orgânica, mas tolera praticamente todo tipos de solos.

As plantas devem ser colocadas com um espaçamento de 50cm entre plantas e 2-3m entre fileiras. 

TREPADEIRA, OFERECER SUPORTE PARA QUE POSSA SUBIR!

domingo, 1 de setembro de 2013

Quinoa Quinua - Chenopodium quinoa

 

Sementes de quinoa

Sementes de quinoa - imagem original: Kristina D.C. Hoeppner -

A quinoa ou quinua (Chenopodium quinoa), é uma planta originária dos Andes, onde é cultivada há milhares de anos. Fácil de cultivar, esta planta pode atingir de 1 a 2 m de altura, e tanto as sementes quanto as folhas são comestíveis. As sementes são muito nutritivas, e podem ser preparadas das mesmas maneiras que o arroz, embora devam ser processadas antes para a retirada de sua camada superficial de saponinas. Graças a esta camada amarga de saponinas, as aves evitam comer as sementes no campo, assim havendo pouca necessidade de medidas de proteção. As folhas e as pontas dos ramos podem ser consumidas cozidas ou mesmo cruas, desde que não em quantidade excessiva, pois contêm uma alta concentração de ácido oxálico.

Planta de quinoa

A quinoa é uma planta fácil de cultivar - imagem original: Casey And Sonja -

Clima

A quinoa pode crescer em uma ampla faixa de temperaturas, dependendo do cultivar. Nos Andes, não é incomum suportarem temperaturas próximas a zero graus centigrados a noite e temperaturas próximas de 30°C durante o dia. Contudo, temperaturas acima de 32°C durante a floração podem prejudicar a polinização e inviabilizar a produção de sementes. Chuvas fortes podem prejudicar muito a produtividade se ocorrerem na época da colheita.

A maioria dos cultivares cresce melhor em altas altitudes, com dias moderadamente quentes e noites frias, mas há cultivares que crescem e produzem bem mesmo em regiões costeiras e em diversos tipos de clima.

 

Luminosidade

Precisa de luz solar direta, não crescendo bem se sombreada.

Flores roxas de quinoa

Existe um grande número de cultivares de quinoa, e suas inflorescências podem ser de diversas cores - imagem original: Markus Hagenlocher -

 

Solo

Cultive preferencialmente em solo profundo, fértil, bem drenado, rico em matéria orgânica, com pH do solo entre 6 e 8,5. Contudo, pode ser cultivada mesmo em solos ácidos ou pouco férteis.

 

Irrigação

No início do cultivo, irrigue de forma a manter o solo úmido, mas sem que fique encharcado. Quando bem desenvolvida, esta planta é resistente a períodos de seca, e assim as irrigações podem ser mais esparsas.

Mudas de quinoaMudas de quinoa - imagem original: Rachel Glaves -

 

Plantio

As sementes são normalmente semeadas no local definitivo, em fileiras separadas de 25 a 50 cm, deixando as sementes de 0,5 a 1 cm de profundidade no solo. O espaçamento entre as plantas pode ser de 10 a 30 cm. Um menor espaçamento leva a plantas menores e mais uniformes, facilitando a colheita (especialmente em plantações mecanizadas). Maiores espaçamentos geram plantas maiores e menos uniformes. As sementes germinam rápido, normalmente em 3 a 5 dias.

Tratos culturais

Retire as plantas invasoras que estejam concorrendo por recursos e nutrientes, principalmente no primeiro mês de cultivo, quando as plantas crescem lentamente.

Inflorescência da quinoaA floração da quinoa se dá em panículas, semelhantes as do amaranto - imagem original: Amber Strocel -

 

Colheita

As folhas jovens podem ser colhidas para consumo como verdura, mas a colheita excessiva de folhas pode reduzir a produção de sementes.

O período até a colheita varia bastante com o cultivar e as condições de cultivo, podendo ir de 90 a 180 dias. As panículas devem ser colhidas quando começarem a mudar de cor e as sementes começarem a se desprender. Esfregue algumas panículas entre as mãos, se algumas sementes se desprenderem, é hora de colher. Na colheita manual, as panículas são deixadas em local seco e arejado para terminarem de secar por alguns dias, sendo depois batidas para desprender todas as sementes.

As sementes devem ser lavadas antes de serem consumidas para a retirada da camada de saponinas. Para isso, as sementes podem ser deixadas imersas na água por várias horas, realizando trocas até que a água não esteja mais espumando. A água onde as sementes estiveram imersas pode ser aproveitada como repelente de insetos, podendo ser pulverizada sobre as hortaliças em uma horta.

Sementes de quinoa vermelha

Sementes de quinoa vermelha - imagem original: Stacy Spensley -

Fonte: http://hortas.info/como-plantar-quinoa

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Azorina–Azorina vidalii

Ficheiro:Fajã das Almas, Azorina vidalii, Manadas, Velas, Ilha de São Jorge, Açores.JPG

Azorina vidalii (H.C.Watson) Feer, anteriormente conhecida como Campanula vidalli, é a única espécie do género Azorina, endémico dos Açores. Trata-se de uma planta pertencente à família das Campanulaceae, localmente chamada por Vidália. Pode atingir cerca de 1 metro de altura e produz flores em forma de sinos de cor rosa-esbranquiçada.

Vive normalmente em reentrâncias rochosas de falésias costeiras podendo aparecer em telhados de casas em telha. A existência de algumas comunidades de exemplares a altitudes mais elevadas, leva a supor uma distribuição mais ampla desta espécie, actualmente ameaçada pelo avanço de flora exótica e pela destruição humana de habitat.

O seu nome foi atribuído pelo botânico Hewett Cottrell Watson em honra do capitão Alexander Thomas Emeric Vidal, responsável pelo levantamento hidrográfico das ilhas entre 1841 e 1845.

GERMINAÇÃO

As sementes de Azorina vidalii  normalmente germinam  em 14-28 dias (2 a 4 semanas
MUITO IMPORTANTE:  Só vão germinar com luz , tem que ser semeadas  na superfície (NÃO ENTERRAR!) .,.coloque as sementes no substrato ou terra já bem alisada, e úmida e aperte bem  para fixar as sementes no lugar. Temperatura ideal de germinação 15 a 20 °C.

Se  fizer muito frio se uma tampa translúcida para permitir luz e para manter o composto úmido e quente (não coloque a sementeira na luz solar direta)

CULTIVO

Cultivo a pleno sol, (não pode crescer na sombra), solos arenosos e médios, prefere solos bem drenados. Aceita todo tipo de pH do solo. Prefere solo seco ou apenas úmido como na sua região de origem.

CURIOSIDADE

Suas folhas são comestíveis, cruas, tem um excelente sabor doce, as folhas podem ser usadas como alface em saladas, embora a planta não é muito produtivo.  É importante colher apenas algumas folhas do lado, já que se a parte central e cortada a planta pode morrer!

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Fruta de Sabiá–Acnistus arborescens


Arbusto ou arvoreta que pode ser cultivada praticamente em todos os climas e solos brasileiros. Pode ser cultivada em vasos. Resistente a seca e até geadas leves.
Gosta de solos úmidos e profundos e pode ser cultivada na beira de córregos e rios..
Pode ser plantada tanto a pleno sol como na meia sombra. Não é exigente em ateria de solos nem de irrigação, mas irrigando e adubando produzirá frutas o ano inteiro.
As sementes são pequenas, cobrir apenas com substrato ou terra muito fina, e molhe diariamente até a brotação, depois irrigue 1 ou 2 vezes por semana. No pomar a planta adulta não precisa ser irrigada após estabelecida!

Sendo uma árvore não totalmente domesticada, a germinação pode demorar um pouco ou ser muito irregular

COMPRE SEMENTES FRESCAR AQUI 


Boldo da Bahia–Vernonia condensata

 

http://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/f/f7/Boldo_baiano.jpg

O boldo-baiano, assa-peixe ou alumã (Vernonia condensata) é uma planta da família Asteraceae, das mais cultivadas em jardins e hortas brasileiros. A sua origem é africana, tendo sido trazido com os escravizados desde a época colonial.

É considerado como folha sagrada, abô, associado aos orixás ogum e oxala, nas "sobrevivências" da cultura africana no Brasil que constituem a etnomedicina e candomblés jêje-nagôs com o nome de Alumã, Àlùmón, Éwúró, nos rituais de iniciação, àgbó, banhos de purificação e sacudimentos. 1 2 3

As suas folhas são utilizadas pela medicina popular sob a forma de chás ou sucos, no tratamento da azia, da indisposição gástrica, no controle da gastrite, contra a ressaca e como um tônico amargo, estimulante da digestão e do apetite.

Pode produzir irritação da mucosa do estômago, se utilizado em doses elevadas.

A planta tem varios nomes nos diferentes estados do Brasil:

    Pernambuco: Aluman, Boldo Chinês, Boldo Japonês
    Bahia: Aloma, Alumã, Luman (diferenciar sinonímia de nome popular da Labiatae C. barbatus também conhecida como tapete de oxalá e boldo...paulista, brasileiro, japonês.
    Ceará: Alcachofra
    S. Paulo: Boldo Bahiano, Árvore do Pinguço
    Minas Gerais: Boldo Goiano

CULTIVO

A germinação não apresenta dificuldades, mas é irregular, cobrir apenas as sementes com substrato ou terra orgânica e leve, molhar e manter úmido, não olhado até a germinação.

Planta perene e tropical, adapta-se às regiões subtropicais não sujeitas a geadas intensas. Desenvolve se a sol pleno. Baixa exigência em irrigação. Tolera cultivo de sequeiro, mesmo em regiões com irregular distribuição de chuvas.

Requer solos bem drenados, profundos e com fertilidade de baixa para média, desde que se efetue adubação orgânica após a colheita de folhas.

O espaçamento deve ser de 02 X 02 metros (conforme o sistema de condução ou poda).

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Proteas

[Protea%2520cynaroides1%255B3%255D.jpg]

A escolha do momento certo

O melhor tempo para semear é o Outono ou a primavera, quando a diferença entre as temperaturas durante o dia e a noite é de aproximadamente 12 C.

Prepare um copo de Liquido Germinador deixando a mistura em molho por 24 horas, e depois deixe as sementes nesse olho por 24 horas (ou seja são 24 horas para preparar o germinador e depois mais 24 horas das sementes em molho).

Plante as sementes a uma profundidade igual ao seu tamanho e molhe. Manter as sementes plantadas na semi-sombra, e proteger contra camundongos, pássaros, esquilos e grandes insetos (Sombrite a 50% funciona bem). Borrife as sementes diariamente e não permita que o substrato seque em nenhum momento.

Terra

Não plante as sementes em terra, utilize um substrato o preparado especial, recomendamos o nosso, formado por turfa canadense e perlita.

Água

A qualidade da água utilizada para a rega pode ter bastante influência na germinação. Não utilize água da torneira, já que o cloro prejudicará a germinação use água de chuva ou de poço artesiano desde que não seja água alcalina ou salina, já que ambas prejudicaram também a germinação.

Germinação

O período de germinação varia de 1 a 3 meses, dependendo da espécie. Os cotilédones aparecem primeiro e, em seguida, as folhas verdadeiras. Uma vez que as folhas verdadeiras apareçam, as mudas podem ser expostas a pleno sol.

Plantio

Tenha cuidado de não perturbar as raízes perturbadas durante o plantio no lugar definitivo. Se seu jardim tem solo bem drenado e ácido, e seu clima é livre de geadas, escolha um local ensolarado e plante as proteas, em furos quadrados de 500 mm de profundidade. As plantas jovens apreciam o solo muito bem drenado, pelo que seria bom misturar perlita ou vermiculita ao solo, ou usar o substrato de germinação no plantio.

Podem ser plantadas em vasos grandes. As proteases tão bem adaptadas às condições de vento, e gostam de ter livre circulação de ar ao redor delas.

Não utilize fertilizante químicos, já que as proteas estão adaptadas às condições pobres em nutrientes químicos, e fertilizantes ou adubos vão queimar sua sensível sistema radicular. Use Fertilizante Milagre ou outro fertilizante orgânico unicamente.

Os fungos representam uma grave ameaça para as proteas, e são causa de morte súbita em algumas espécies se eles atacam as raízes. Para evitar a exposição das plantas para infecções fúngicas, manter as plantas secas quando ela estiverem quentes. O que significa regar as plantas apenas no início fresco da manhã - nunca à noite. Além disso, molhe as plantas lentamente uma vez (ou duas vezes quando ainda são jovens) por semana durante uma hora. Regas mais frequentes, aumentam os riscos de infecções fúngicas.

Coisas a evitar

NÃO:

Permitir que as mudas sequem em momento nenhum durante a germinação, já que durante o crescimento inicial as raízes finas são muito vulneráveis

Regar diretamente com mangueira ou água forte durante a germinação. A água forte pode perturbar o solo ao redor das sementes e danificar as raízes finas

Germine as proteas em estufas ou lugares úmidos!

Alimente as plantas com fertilizantes químicos ou estrume já que as raízes são facilmente queimadas por fosfatos

Cave ou cultive em torno das plantas - as proteas podem morrer se seu delicado sistema radicular é perturbado

sexta-feira, 21 de junho de 2013

CATALPA DO SUL - SOUTHERN CATALPA - Catalpa bignoiodes

 

Catalpa bignonioides

 

Considerado uma das mais belas arvores floríferas do hemisfério norte. Suas folhagem é também muito ornamental, já que tem folhas em forma de coração de ate 20-30 cm de tamanho. CURIOSIDADE: SUAS FOLHAS SECRETAM UM NECTAR!

Considerado uma das mais belas arvores floríferas do hemisfério norte. Suas folhagem é também muito ornamental, já que tem folhas em forma de coração de ate 20-30 cm de tamanho. CURIOSIDADE: SUAS FOLHAS SECRETAM UM NECTAR!

Cultura

Propagação: As sementes germinam facilmente. Semear cobrindo apenas as sementes com substrato e manter este apenas úmido até a germinação. Transplantar quando as mudinhas tenham já suas primeiras folhas verdadeiras
Luz: Pleno sol a sombra.
Umidade:  A Catalpa do Sul prefere solos úmidos, bem drenados, mas é adaptável.
Rusticidade:  Tolera geadas e calor.

A Catalpa do Sul sofre de inúmeras pragas e doenças, pelo que se recomenda o uso do fertilizante Milagre semanalmente.

sábado, 15 de junho de 2013

Erva Doce - Anis–Pimpinella anisum

 

O anis ou erva-doce é uma planta herbácea da família Apiaceae , originária do Egito, Grécia e Oriente Médio. Existem registros de que esta planta já era cultivada pelos egípcios em 1500 AC, sendo utilizada como alimento, remédio e bebida.

Planta anual, ou seja, em um ano germina, cresce, floresce, produz sementes e morre, tendo que ser plantada novamente.  Sua altura média é de 50 cm.

Suas flores, como se vê na foto,  são brancas e crescem em buquês. As partes mais utilizadas são as folhas e as sementes.

Germinação: As sementes podem ser plantadas diretamente no local definitivo, ou em sementeiras.  Sua germinação não apresenta dificuldades, simplesmente cobrir com uma capa fina de substrato e manter apenas úmido.

Cultivo: São plantas que preferem climas amenos, solos bem drenados e porosos (não compactados). Precisa de sol pleno e  não tolera geadas.

O plantio deve ser feito preferencialmente de setembro a novembro. A colheita das sementes deve ser feita no verão, quando atingem a coloração marrom. As folhas podem ser colhidas o ano todo.

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Ginseng Indiano - Ashwagandha (Withania somnifera)

Withania somnifera 1

Germinação:  As sementes são a melhor maneira de propagar o Ginseng Indiano. Deixar as sementes  em GA3 por 48 horas. Plantar as sementes em Substrato Plantamundo ou perlita, e irão germinar em  14-21 dias com temperaturas acima de 20° C.

Mantenha o substrato úmido nas primeiras semanas (como numa mini estufa), mas depois de um mês a umidade deve ser diminuída para evitar o desenvolvimento de fungos.

Cultivo: A Withania somnifera deve ser cultivada de preferencia a pleno sol ou com sombra parcial, em solo bem drenado de preferencia alcalino.  As plantas crescem melhor quando o pH do solo é de 7,5 a 8,0.  Sendo originária de áreas áridas, o solo das plantas deve ser deixado secar completamente entre irrigações.  Se cultivada em vasos, água demais fará apodrecer as raízes.

Recomendamos fertilizar uma vez por mês com fertilizante Milagre.

sexta-feira, 26 de abril de 2013

Quercus sp. - Carvalho - Carvalho vermelho


Quercus palustris
As sementes das espécies de Quercus são chamadas de Bolotas.
Retirar o “chapéu” das sementes se ainda presente.
Fazer, com muito cuidado para não danificar o interior, um pequeno corte na casca das sementes.
Coloque as sementes em água, por 24 horas.
Coloque as sementes num recipiente com pó de coco apenas úmido e coloque este na geladeira por 60 dias ou ate que veja as radículas nascerem ( controle semanalmente).
Plantar a 3 cms de profundidade, e colocar no lugar mais fresco do jardim.

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Ginkgo biloba

 

Ginkgo biloba3

Ginkgo biloba, de origem chinesa, é uma árvore considerada um fóssil vivo. É símbolo de paz e longevidade, por ter sobrevivido às explosões atômicas no Japão.

Foi descrita pela primeira vez pelo médico alemão Engelbert Kaempfer, por volta de 1690, mas só despertou o interesse de pesquisadores após a Segunda Guerra Mundial, quando perceberam que a planta tinha sobrevivido à radiação em Hiroshima, brotando no solo da cidade devastada. Suas folhas têm sido frequentemente usadas no combate aos radicais livres e como auxiliar da oxigenação cerebral.

Germinação:

- Escarifique as sementes: com ajuda de agulha, faca ou lixa, faça um pequeno furo, corte na casca da semente para facilitar a passagem de umidade.

-Ponha as sementes numa sacola de plástico com uma quantia  igual de vermiculita ou pó de coco ou similar apenas úmido. Deixe por 2 meses na geladeira. 

Verifique 2 vezes por semana para conferir se ainda há humidade e se há aparecimento de fungos. Se alguma semente germinar neste processo, simplesmente a retire da geladeira e siga o cultivo normalmente.

- Após retirar da geladeira, deixe em local  iluminado  mas sem luz direta do sol e a temperaturas entre 20 e 25˚C.  Verifique sempre a umidade, e caso esteja secando, reponha a umidade de preferencia pulverizando, já que o excesso de água pode levar ao desenvolvimento de fungos. 

- A germinação pode demorar de  30 a 60 dias.

Cultivo:

Se lembre, é uma planta de clima temperado, plante no lugar mais fresco de seu jardim, onde pegue bastantes horas de sol, mas nunca nas horas mais quentes do dia!

Pela mesma razão as raízes devem ser protegidas do sol e do calor. As plantas precisam da proteção de coberturas secas para evitar que a perda de água por evaporação seja muito grande. A terra ao redor do caule deve ser coberta com cascas secas.

Recomendamos o uso semanal de Fertilizante Milagre.

Boa opção também para bonsais.

MAIS INFORMAÇÕES E DICAS:

  • Mantenha a planta sempre em local protegido de ventos fortes.
  • Humidade: média. Irrigue regularmente sem permitir que o solo fique encharcado.
  • Temperatura ideal: 5-30˚C (clima tropical, subtropical e temperados). Tolera geadas e temperaturas maiores uma vez estabelecido.
  • Solo: Não é muito exigente. Qualquer solo com boa drenagem e  um mínimo de fertilidade é suficiente.

quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Crua – Cassabanana – Melocoton - Melão Caboclo - Sicana odorifera

Sicana odoriferaSicana odorifera (6)
O cruá ou Melão de Caroá, e chamado em inglês de Cassabanana, e em espanhol de Melocotón. Seu nome científico é Sicana odorifera
Nativa do Brasil,  ademais de uma fruta deliciosa é muito utilizada pela medicina popular para diversas enfermidades, porém é espécie muito pouco explorada pela pesquisa.
Planta trepadeira, perene, da família das cucurbitáceas (melões, melancias, etc.).
Como seu nome cientifico indica, seus frutos são muito perfumados, e podem ser consumidos ao natural, ou na forma de sucos, ou doces.
CURIOSIDADE:  Os frutos podem ser conservados após a colheita por vários meses!

Seu cultivo e muito fácil, devendo providenciar um suporte bem forte para trepar, já que se trata de uma trepadeira de rápido crescimento, e seus frutos são pesados!
Deve controlar-se seu crescimento já que no caso de deixar-se desatendida, crescerá sobre telhados ou arvores, sendo isto não recomendável, no caso dos telhados porque irá destruir eles, e no caso das árvores porque os frutos ficaram no alto e inacessíveis!
Pode ser cultivada em todas as regiões do Brasil.
Cultivo a pleno sol, ou com sombra parcial.
Planta atrativa para abelhas, borboletas e pássaros.  Suas flores são perfumadas.
Irrigação abundante sem encharcar.
Tolera todo tipo de solos, crescendo melhor nos solos ricos em matéria orgânica.
GERMINAÇÃO
Deixe as sementes em molho em água mineral ou melhor em GA3 ou ainda melhor em GA3 preparado com fertilizante Milagre,
Se recomenda o uso de SUBSTRATO para seu plantio inicial, no caso de este não ser accessível, os estudo recomendam como segunda opção uma mistura de areia lavada e húmus de minhoca na proporção 2:1.
Ou simplesmente plante em terra NÃO ARGILOSA, e terá sucesso!
Enterrar as sementes a 1/2 cm de profundidade.  Molhar diariamente sem deixar secar a terra.
Melhor plantar no lugar definitivo.
Como saber quando está maduro? Quando a fruta é muito perfumada!
Muita sorte com suas sementes de Crua!

sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Boca-de-leão - Coelhinhos Gigantes - Antirrhinum majus

A boca-de-leão (Antirrhinum majus) é uma espécie de flor. Recebe seus nomes devido ao formato das flores.

Nativa do Mediterrâneo. Mesmo sendo perene, é cultivada normalmente como anual, e atinge entre 40 e 70 cm de altura. Apresenta floração em cores diversas como amarelo, branco, rosa, roxo, dentre outras. As flores surgem entre o final do inverno e o início da primavera. Aprecia mais o frio mas não tolera geadas.

É uma planta de sol pleno, necessitando de pelo menos 4 horas diárias de luz direta.

Molhe em forma regular, nunca encharque o solo, mas mantenha ele apenas úmido, especialmente no verão.

- Solos normais, de preferencia calcários,não ácidos.

- Solos bem drenados.

- Eliminar as flores secas para que a planta brote novas flores.

GERMINAÇÃO =  MUITO  IMPORTANTE

As sementes precisam de luz para germinar, não enterre elas, apenas coloque na terra o substrato e aperte para que fiquem seguras no lugar!!!

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Ginseng Verdadeiro - Panax ginseng

Panax ginseng

Ginseng é uma planta de clima muito frio e sua germinação e difícil e lenta (até 2 anos) inclusive no seu clima original, assim que seu plantio em áreas mais quentes é uma verdadeira aventura, onde não existe uma grande abundancia de informações.

Investigamos profundamente até achar um estudo (em inglês) sobre o cultivo de Ginseng em áreas montanhosas do Norte da Tailândia feito pela universidade de Kinki desse pais.

Para quem lê inglês recomendamos muito sua leitura, já que se trata de uma trabalho muito serio e detalhado, que mostra a possibilidade de germinação e cultivo de Ginseng em áreas montanhosas de climas tropicais em poucos meses em lugar de 2 anos!

O ESTUDO ESTA AQUI

Um resumo do trabalho para vocês:

1) Colocar as sementes por 24 horas em acido giberélico preparado com agua sem cloro

2) Depois colocar semeadas em uma caixinha com areia de rio na geladeira a 5 graus de temperatura.

3) Verificar mensalmente a germinação, que pode alcançar até 70% em 5 meses. Germinação pode começar em 30-45 dias, e as sementes germinadas devem ser plantadas com extremo cuidado.

Se lembre Ginseng NÃO É UMA PLANTA TROPICAL, e deve ser plantada num lugar com 80% de sombra, com um solo muito rico em matéria orgânica e muito boa drenagem.

A parte usada do Ginseng são as raízes, e sua colheita tem lugar após 5 anos de plantio ou mais.

 

 

Panax quinquefolium