segunda-feira, 12 de dezembro de 2011

Pea Aubergine – Pea Eggplant - Solanum torvum

image

A germinação e cultivo de esta espécie não apresenta problemas, tanto que é considerada por alguns como uma “peste” já que se reproduz demasiado quando as condições são perfeitas. Seu cultivo na sombra ou media sombra pode ser uma forma de controle.

Germinação e plantio como as berinjelas.

As plantas de “Pea Aubergine” começam a produzir as 3 ou 4 meses, e não param de florir e produzir durante 5 anos, que é vida normal da planta.

Cultivada em África e Ásia, sua utilização na cozinha dessas regiões é muito interessante!

Amaranto

image

Os Amarantos tem sido qualificados como as plantas mais fáceis de cultivador do mundo. Elas são em essência uma “praga” ,mas uma boa praga.

Não são exigentes em matéria de solo, chuva, sol, nada, mas logicamente vão se desenvolver melhor com solos férteis.

Então, não se preocupe pelo Manual de Cultivo de seu amaranto, coloque as sementes na terra, cobra apenas e molhe, em poucos dias terá suas plantinhas, e em poucas semanas suas maravilhosas folhas (no caso do Callaloo por exemplo) ou sementes para consumo.

Agastache mexicana

image

A Agastache mexicana pertence a família da hortelã  (Lamiaceae) e é chamada de “Mexican Giant Hyssop”.  Suas folhas são muito perfumadas e utilizadas na fabricação de chá e de aromatizantes.

Nativa de regiões altas do México, suas sementes antes de serem plantadas precisam ficar um tempo em um local bem frio e bastante úmido para que haja quebra de dormência e somente depois disso ficam prontas para a produção de germinação.

O uso do GA3 e Fertilizante Milagre juntos podem ajudar na germinação inclusive sem estratificação por frio. Experimente!

Na hora de plantar, não enterre as sementes, já que estas precisam de luz para germinar. Apenas pressione as sementes no substrato e molhe. Manter úmido mas não alagado, e cobra o vaso ou sementeira com um plástico transparente se não fizer muito calor. Remova o plástico apos a germinação. Transplante quando as mudinhas tenham 4 folhas.

Cresce rápido e floresce bem rápido, em 30 dias apos o transplante.

Cultivar a pleno sol, em solos bem drenados.

Pode ser cultivada em regiões semi-áridas ou áridas, com solos  alcalinos ou neutros.

Importante: A umidade excessiva pode fazer com que a planta não vingue.  

Sementes de Agastache mexicana? A Plantamundo tem…

Basil – Manjericão – Alfavaca – Ocimum sp.

 

image 

Perene ou anual, dependendo da espécie, o manjericão é a planta ideal para o cultivo caseiro, já seja no jardim ou em vasos.

Pertencente à família Laminaceae, (a mesma da Hortelã ) existem dezenas de espécies e variedades, de folhas grandes, de folhas pequenas, de folhas verdes, de folhas roxas, e também variedades com fragrância doce, lembrando limão, canela, lima, anis e cravo. Algumas espécies chamas de Tulsi são consideradas sagradas na Índia. Muitas delas estão disponíveis na Plantamundo (www.plantamundo.com)

Sua presença se destaca na região do Mediterrâneo europeu , onde é presença comum na alimentação, o manjericão é plantado em beirais de janelas tanto pelas propriedades de afastar moscas e mosquitos como pelas belas flores mas especialmente por suas propriedades na cozinha e medicinal. Conhecida por alguns como alfavaca cheirosa, essa planta com propriedade digestiva, antibiótica e anti-reumática é utilizada para tratamento de enjôos, problemas respiratórios e reumáticos.

SOLO: fértil e de granulação média
CLIMA: Dependa da espécie pode ser cultivada tanto em climas quentes como moderados.
ÁREA MÍNIMA: pequenas hortas, caixotes ou vasos
COLHEITA: a cada 60 dias.

ESPACAMENTO: entre plantas, 30-40 cm
PLANTIO: cobrir apenas as sementes, e manter o substrato úmido ate a germinação.

GERMINA: entre 5 e 10 dias

PRODUÇÃO - as folhas podem ser colhidas quando a planta atingir cerca de 1 metro de altura. Em geral, isso ocorre aos 60 dias. A primeira colheita, no entanto, é indicada somente após três meses do plantio.

DICA: Se seu cultivo e para a produção de folhas, se recomenda cortar as flores, para estimular o crescimento lateral das plantas.

Malope - Lavatera

 

image

Ambas espécies sãoda mesma família que os hibiscos e ambas são cultivadas a partir de sementes.

A temperatura ideal de germinação e de 20 graus, pelo que a melhor época de plantio em climas tropicais pode ser no inverno, no outono ou na primavera.

Se recomenda o uso de Acido Giberélico.

As sementes devem ser cobertas por 1 mm de substrato fino, e este deve ser mantido úmido até a germinação. A germinação normalmente leva 1-2 semanas.

Quando as mudas são grandes o suficiente para lidar com elas devem ser transplantadas para vasos individuais, ou seu lugar definitivo.

A ROSE MALLOW (Lavatera trimestris) e uma planta anual que prefere solos leves, bem drenados, e pode ser cultivada em solos pobres. Tem que ser cultivada ao sol, não suporta a sombra. Aceita solos secos ou úmidos mas não alagados, e não tem preferência de PH no solo, Pode ser cultivada em áreas marítimas,

sexta-feira, 9 de dezembro de 2011

Crocus sativus - Açafrão Verdadeiro

image
AÇAFRÃO
Originário do sudeste da Europa e sudoeste da Ásia, o açafrão, Crocus sativus L. (IRIDACEAE), é uma das espécies contempladas pelo projeto “Produção, processamento e comercialização de ervas medicinais, condimentares e aromáticas” coordenado pela Embrapa Transferência de Tecnologia – Escritório de Negócios de Campinas, SP, em parceria com a Embrapa Pantanal (Corumbá, MS), Embrapa Semi-Árido (Petrolina, PE) e nos Escritórios de negócios de Dourados (MS), Canoinhas (SC), e Petrolina (PE) da Embrapa Transferência de Tecnologia, o qual tem por objetivo treinar técnicos e qualificar pequenos agricultores e seus familiares em produção e manipulação de ervas com boas práticas agrícolas e de higiene que atendam às demandas dos segmentos de fármacos e condimentos.
DESCRIÇÃO BOTÂNICA:
Planta bulbosa com folhas finas e estreitas e flores roxas claras com três estiletes vermelho claros e três estames, com o ovário e os frutos desenvolvidos abaixo da superfície do solo.
COMPOSIÇÃO QUÍMICA:
Safranal (principal composto do óleo essencial), crocetina (diterpeno) e picrocrocina (glicosídeo).
FORMAS DE PROPAGAÇÃO:
Sementes ou mudas produzidas a partir de bulbos.
CULTIVO:
Espaçamento de 40 X 30 cm entre linhas e plantas, respectivamente . Cultivado comercialmente em larga escala na Espanha, o açafrão prefere solos argilo-arenosos e férteis, porém se adapta bem a diversos tipos de solo, com iluminação plena ou pouca sombra. Recomenda-se uma adubação com esterco de gado bem curtido, esterco de galinha ou composto orgânico, quando necessário.
COLHEITA E BENEFICIAMENTO:
A colheita é feita com aproximadamente um ano de plantio, na floração, e pode se estender por alguns meses, onde somente são aproveitados os estigmas e os estiles das flores.
R E Q U I S I T O S B Á S I C O S P A R A U M A PRODUÇÃO DE SUCESSO:
Utilizar sementes e material propagativo de boa qualidade e de origem conhecida: com identidade botânica (nome científico) e bom estado fitossanitário;
Focar a produção em plantas adaptadas ao clima e solo da região;
O plantio deve ser realizado em solos livres de contaminações (metais pesados, resíduos químicos e coliformes);
A água de irrigação deve ser limpa e de boa qualidade;
O cultivo deve ser preferencialmente orgânico: sem aplicação de agrotóxicos, com rotação de culturas, diversificação de espécies, adubação orgânica e verde, controle natural de pragas e doenças;
É importante dimensionar a área de produção segundo a mão-de-obra disponível, uma vez que a atividade requer um trabalho intenso;
A qualidade do produto é dependente dos teores das substâncias de interesse, sendo fundamentais os cuidados no manejo e colheita das plantas, assim como no beneficiamento e armazenamento da matéria prima;
Além dos equipamentos de cultivo usuais, é necessária uma unidade de secagem e armazenamento adequada para o tipo de produção. O mercado é bastante específico, sendo importante a integração entre produtor e comprador, evitando um número excessivo de intermediários, além da comercialização conjunta de vários agricultores, por meio de cooperativas ou grupos.

Texto acima da EMBRAPA PANTANAL

 

Mais informacaoes de Cultivo:

E imprescindível o plantio num solo bem drenado (ou seja solo que filtre rapidamente a chuva). Devemos, portanto, evitar terrenos argilosos e pesados.
Os bulbos devem ser plantados a pelo menos 10 cm de profundidade em lugares onde recebam bastante sol.
O ideal é ter um PH neutro no solo (pH de 6 a 8). Para pequenas áreas como um jardim ou simplesmente maciço, é facilmente possível corrigir a terra por meio da adição de areia, turfa ou composto. A "safranière" deve estar localizada em um local ensolarado, incluindo a época da floração.
Não é necessário irrigar as plantações. Se fizer muito calor, apenas uma pulverização o irrigação leve é geralmente suficiente.
Os camundongos podem ser um pesadelo quando você cultiva o açafrão. Eu sei de jardineiros que regularmente pegam na armadilha 60 por mês. Procure uma forma efetiva de proteção se tem este problema potencial na sua área.
Colheita:
No caso de um pequeno número de flores a colheita se faz mediante a “poda” pode ser deixada no local de floração e extrair apenas 3 filamentos vermelhos do pistilo com uma pinça. Os estames amarelos e as pétalas roxas não tem utilização.
Secagem
clip_image001

É necessário secar os filamentos para sua conservação A secagem pode ser feita depositando os pistilos em uma pequena área bem ventilada entre 40 a 60 graus centígrados, durante cerca de quinze minutos (num forno com a porta aberta, ou no sol, ao ar livre ...). No final da secagem os filamentos são muito leves e frágeis. O açafrão seco tem muito pouco sabor. Recomenda-se armazenar em um pequeno recipiente hermético, no escuro, pelo menos, um mês antes do consumo. Durante os dois anos seguintes o açafrão, mantém a maior parte do seu gosto.