terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

DAMA DA NOITE - Ipomoea alba


1) Lixe cada semente com uma lima fina nos lados para facilitar o ingresso da umidade.  Depois deixe-as em água morna durante a noite para iniciar o processo de germinação.

2)  Para plantar as sementes use copos descartáveis de plástico de 300 a 500 ml. Faça cortes bem grande no fundo para facilitar o escoamento da água. Encha os copos com substrato para mudas, ou se não dispõe de substrato com terra orgánica bem penerada. 

3)  Semeie uma semente em cada copo a uma profundidade no maior 2 cm. Pressione levemente o solo. Molhe abundantemente. 

4) Coloque os copos em um lugar com muita luz mas sem sol direto. Use um pequeno regador ou um borrifador para umedecer o solo quando ele estiver seco. Não deixe nunca secar o solo, mas nunca encharque o mesmo.

5)  As sementes começaram a germinar entre 5 e 10 dias. Plante as mudas no lugar definitivo quando tenham já o primeiro par de folhas verdadeiras. 

6)  Espaçamento entre as plantas 30-40 cm. Prenda as vinhas da planta contra a cerca, treliça ou outro suporte quando estiverem grandes o bastante para se apoiarem contra a base da estrutura.

ONZE HORAS - Portulaca grandiflora e outras

Lá pela hora do almoço para alguns, ou quase para outros, quando o sol começa a entrar a pino, a Portulaca atinge seu florescimento máximo do dia. Por isso, a flor, da família das Portulacaceae, a mesma da pata-de-elefante e da beldroega-graúda, tem como nome popular onze-horas. Fácil de plantar e pouco exigente em cuidados durante o desenvolvimento, a onze-horas possui pétalas delicadas em várias cores vibrantes, tornando-se uma bela flor para ornamentação.

Planta herbácea e com folhas suculentas, ela é adequada para cultivo em pequenos espaços, vasos, jardineiras e canteiros. A onze-horas gosta muito do sol e tem florescimento o ano inteiro - diminuindo no inverno. Embora o clima quente seja seu preferido, a planta tem boa tolerância a geadas, podendo ser cultivada em todo o país.

SOLO: fértil e permeável
CLIMA: quente, mas tolera geadas 
AREA MÍNIMA: vasos, canteiros e jardineiras

PLANTIO Pode ser feito o ano todo em lugares quentes, em solos férteis, permeáveis e irrigados, apesar de a onze--horas suportar terrenos levemente secos. O ideal é misturar uma parte de terra comum a uma parte de terra vegetal e duas partes de areia.Coloque as sementes sobre a terra, cubra elas apenas, e irrigue.

AMBIENTE Como tolera geadas, a onze-horas pode ser cultivada em todas as regiões do país. Porém, ela precisa receber, pelo menos, quatro horas de sol por dia. O mais indicado é que o plantio da flor seja realizado em áreas abertas, com iluminação direta.
 
ESPAÇAMENTO Calcule uma densidade de 25 a 45 mudas de onze-horas por metro quadrado. A adubação recomendada é a básica, com o uso de calcário, fórmula N, P, K 10-10-10 e matéria orgânica.
 
IRRIGAÇÃO Durante o verão, as irrigações devem ser mais frequentes, pelo menos uma vez por dia. No inverno, podem ser mais espaçadas, a cada dois ou três dias. Evite molhar as flores abertas.
 
FLORESCIMENTO A floração da onze-horas ocorre principalmente na primavera e no verão, durante os meses mais quentes do ano. As flores abrem e fecham diariamente, mantendo o ambiente colorido durante o período de luminosidade mais intensa. As sementes começam a germinar por volta de dez a 15 dias do plantio e florescem com cerca de um mês do início do desenvolvimento das plantas. Em geral, as mudas vendidas já apresentam botões e flores, tornando praticamente imediato o florescimento no jardim.

Fonte GLOBO RURAL

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

BAOBÁ - BAOBAD - Adamsonia digitata


O baobá é uma árvore perene, nativa da África, que produz flores brancas e frutos utilizados medicinalmente. Ela possui um tronco espesso e curto, com galhos que se parecem com raízes, e criar uma a partir de sua semente é um projeto simples para se fazer em casa. Porém, apesar de não precisarem de muito cuidado ou manutenção, a taxa de germinação das sementes é naturalmente bastante baixa, sendo necessário plantar várias sementes para melhorar o sucesso.


Instruções

  1. Raspe a superfície das sementes de baoba com um lixador de unha, mas somente o suficiente para expor a camada interna branca que elas possuem. Esse processo é conhecido como escarificação e é imprescindível para facilitar que a umidade passe através da casca dura das sementes.

  2. COLOQUE AS SEMENTES EM MOLHO ÁGUA MORNA POR 72 HORAS. Se tiver GA3 (Ácido giberélico*) MUITO MELHOR. * a venda na Plantamundo

  3. Utilize substrato para mudas, ou terra leve. Preencha a bandeja de germinação. Se a temperatura ambiente é fria coloque a bandeja acima da geladeira,

  4. Remova-as da água e enterre-as 1-2 cm no solo da bandeja.

  5. Umedeça uniformemente o solo da bandeija com água morna. A água fria pode causar o amortecimento das sementes.

  6. Posicione a bandeja de germinação em um local onde ela receba luz indireta, como em uma janela.

  7. Continue a regar as sementes com água morna uma vez durante a manhã e outra durante a tarde. SEM ENCHARCAR

  8. Quando brotarem e estiverem acima do solo, aumente gradualmente a quantidade de luz a que elas são expostas por uma semana, a cada dia.

  9. Mova as mudas para o exterior, em uma área em que recebam sombra parcial durante a tarde, quando elas tiverem alcançado uma altura de pelo menos 40 a 50 cm. 

  10. Incorpore uma camada de 5 a 10 cm de partes iguais de areia limpa e cascalho ao solo trabalhado. Plante uma muda de baobá no solo e regue-o quando estiver ficando seco.


quarta-feira, 10 de fevereiro de 2016

CAPIM LIMÃO - LEMON GRASS - Cymbopogon sp.



Semear usando substrato ou terra bem leve e fina. Coloque as sementes na superfície e cobra apenas as sementes. Molhe delicadamente, o composto deve estar úmido, mas definitivamente não molhado.

O composto molhado reduzirá o oxigênio que as sementes precisam para germinar. Se o composto está muito seco isso também irá causar problemas. Se este for o caso, borrife ou pulverize uma pequena quantidade de água. SE LEMBRE, ÚMIDO SIM MOLHADO NÃO!

A temperatura do solo é fundamental para a boa capacidade germinativa desta espécie. Tampe a bandeja de germinação com um plástico transparente e vede tudo com um elástico ou fita crepe. Isto irá ajudar a manter a umidade e calor necessários que tem que ser constante de 20°C-22°C.

A temperatura não deve oscilar demasiado, ou a germinação pode falhar totalmente. O solo frio pode causar uma baixa ou totalmente falha germinação. Temperaturas de solo quente podem causar a dormência da sementes. Use um termômetro de solo verificar a temperatura. As sementes germinaram em 21 a 40 dias.

Quando as mudas estejam grandes o suficiente para lidar com transplante, transplante-as a vasos de pelo menos uns 7,5 cm. Nas primeiras semanas se recomenda um local bem iluminado, evitando a luz directa do sol.

CULTIVO

O capim limão é nativo da Ásia e é considerado uma planta tropical. Como tal, ela deverá ser localizada em pleno sol e cultivadas em terreno fértil e úmido (mas não constantemente molhado) no solo. A temperatura ideal é de 13 a 40 graus com 40- 100% de umidade.







Se sua área tem geadas, cultive o Capim Limão em vasos, é uma planta perfeita para isso.

COLHEITA:

A primeira colheita é feita cerca de noventa dias após o plantio e colheitas posteriores em intervalos de 40-50 dias. A colheita é simples, corte o caule ao nível do solo, para permitir que brote novamente.

É utilização fresco na cozinha tailandesa e vietnamita. O chá é folhas frescas é delicioso!

Usos medicinais: O chá é recomendado para aumentar a transpiração e aliviar espasmos e ser eficaz contra muitas infecções fúngicas e bacterianas.

COMPRE SEMENTES DE CAPIM LIMÃO CLICANDO AQUI


BORRAGEM - Borago officinalis




A Borragem, (Borago officinalis)  é uma planta herbácea anual mediterrânea, nativa do sul da Europa e do oeste da Ásia, a seguir naturalizada em toda a Europa e América do Norte

Os Celtas achavam que a Borragem dava coragem pois devido aos seus componentes produz no corpo uma sensação hilariante, levantando a moral e ajudando a combater depressões. No entanto só é eficaz enquanto fresca pois seca perde a maioria das suas propriedades.

Na culinária a folha da Borragem é muito utilizada em dietas sem sal devido à sua riqueza em cálcio e outros sais minerais. As folhas jovens podem ser utilizadas em sopas, saladas e com queijos frescos e têm um sabor semelhante ao sabor do pepino, no entanto, não devem ser consumidas em grandes quantidades, pois contêm ácido oxálico e pequenas quantidades de alcaloides tóxicos. As folhas podem ser panadas com ovo e farinha e depois fritas. As folhas de Borragem podem também ser cozinhadas como os espinafres: fervidas em água com sal e depois temperadas com azeite, são indicadas para pessoas delicadas, doentes e convalescentes.



As suas flores atraem bastantes abelhas, sendo excelentes para atrair estas fabulosas polinizadoras.

GERMINAÇÃO 

A borragem é propagada por sementes, que devem ser semeadas de preferência no local definitivo, pois geralmente não suporta bem o transplante. Deve ser semeada a uma profundidade de 1 cm e a germinação ocorre em aproximadamente 1 semana a 10 dias.

A temperatura ideal de germinação é de 16-17 graus, pelo que em áreas quentes deve ser semeada no outono ou inverno.

CULTIVO

Aprecia os climas amenos ou frio, com temperaturas entre 4°C e 25°C, sendo uma planta resistente a geadas e baixas temperaturas, mas conseguimos cultivar ela sem problemas aqui no Rio de clima ultra tropical!!

O espaçamento entre as plantas pode ser de 20 a 50 cm, ou mais se o solo for bastante fértil e menos se o solo for mais pobre. É uma planta que pode ser cultivada facilmente em vasos e jardineiras, decorando os espaços com as suas folhas e flores tão decorativas.

Precisa de solo rico em matéria orgânica e muito bem drenado, água demais é muito prejudicial pra esta planta.

COMPRE SEMENTES DE BORAGO CLICANDO AQUI