terça-feira, 22 de março de 2016

BUXINHO - Buxus sempervirens

Nome Científico: Buxus sempervirens L.
Sinónimos.: Buxus arborescens Mill., Buxus myrifolia Lam., Buxus suffruticosa Mill..
Nomes Populares: Buxinho. Buxo.
Família: Família Buxaceae
Origem: Originário do Mediterrâneo e Ásia

Usos e costumes:  
Uma das espécies mais cultivadas em jardim, muito utilizada para esculturas vivas; madeira dura, excelente para tornear, estampar, usada em pentes, tigelas, etc; as plantas indígenas do nordeste de Portugal são utilizadas no fabrico de cabos de navalhas e também ponteiras de gaitas-de-foles. Apesar de ter sido usada no passado para tratar as mais diversas doenças, é pouco usada na fitoterapia atual.

Propagação por sementes: Se recomenda colocar as sementes por 2 meses numa sacola plastica na bandeja de vegetais da geladeira. Molhar com um pulverizador uma vez por semana, se alguma semente germina poderá ser plantada diretamente.  Enterrar as sementes, costumam germinar de entre 1 a 3 meses sendo a temperatura ideal de germinação de 15°C. 

Cultivo:
Assim que as plantas tiverem o tamanho suficiente, separe-as em vasos individuais, mudando-as para os seus sítios definitivos na primavera seguinte. 

Onde e Como Plantar

O Buxinho é uma planta versátil  podendo ser cultivada tanto em vasos dentro de casa, o que é bastante feito por pessoas que fazem dela bonsais, quanto fora de casa, compondo cercas vivas. É importante lembrar que em locais onde incidem mais sol existe uma tendência maior de nascer folhas, se o buxinho ficar em local que não pega sol em sua base, é possível que ela fique mais “pelada” que o resto da planta, piorando sua imagem.

Tipo de Solo

Essa planta apresenta uma grande densidade de folhas, que necessitam de uma grande quantidade de nitrogênio para crescerem bem, por isso é aconselhável após escolher o local de plantio de seu buxinho que faça amplas covas e misture um grande percentual de fertilizante orgânico ao solo. Anualmente adicione mais um pouco para mantê-lo devidamente fértil.

Como Cuidar

Embora seja uma planta de metabolismo bem lento, logo que demora muito para mudar sua forma, devemos podar os ponteiros dos ramos com certa frequência para que o buxinho mantenha a forma que desejamos.

Não é necessário muito cuidado com o frio nem quantidades muito grandes de água para essa planta se desenvolver bem, porém isso não é motivo para deixá-la esturricada, umedeça o solo sempre que estiver seco, mas sem exageros, geralmente regas em dias intercalados são suficiente.


PERIGO: Todas as partes da planta são venenosas, especialmente as folhas e a casca do tronco.

COMPRE SEMENTES DE BUXINHO CLICANDO AQUÍ

Nenhum comentário:

Postar um comentário